Pé de Frutas Brasileiras: A Goiabeira

Publicidade:

A goiabeira é uma árvore frutífera tropical que é nativa de toda a América com exceção do Canadá e também da África do sul.

Ela que também é muito conhecida como araçá Guaçu, além de araçá-goiaba, goiaba, goiabeira-branca, goiabeira-vermelha, guaiaba, guaiava, entre outros vários nomes.

São possíveis encontrar na natureza três variedades de goiabeira, dentre elas temos a Psidium guajava var. cujavillum, além da Psidium guajava var. guajava, e também a Psidium guajava var. minor.

Características da árvore frutífera

Esta é uma pequena árvore que poderá ter até seis metros de altura. Conta com um tronco tortuoso e de casca totalmente lisa descamadas e taníferas. Seus ramos novos e ainda quadrangulares surgem de forma pubescente. Suas folhas aparecem de forma obovadas, cartáceas e ainda totalmente discolores com pelo menos 12 cm de comprimeno.

Suas flores surgem de tamanho pequeno e brancas formadas exclusivamente na primavera.

Seus frutos são bagas verdes, ou ainda amarelas de casca totalmente rugosa, com uma polpa suculenta, doce e acidulada, aromática, em colorações róseas ou ainda avermelhadas ou em alguns tipos arroxeadas com vários caroços e ela amadurece durante o período de verão.

Publicidade:

Na natureza a goiaba é sempre atacada pelo chamado bicho da goiaba que nada mais são do que larvas de moscas.

A ocorrência da goiabas

As goiabas são muito cultivadas para a produção de frutos em pomares tanto domésticos como comerciais, elas acontecem de forma espontânea em todo o Brasil sendo considerada inclusive como uma planta invasora nos Estados Unidos.

As utilidades da goiabeira

Podemos citar como principal utilidade desta planta seus frutos, estes que são comestíveis e muito apreciados em diversas regiões do mundo. Eles são consumidos in natura, e ainda industrializados em formas de compotas, doces, sucos e geleias. Seu doce artesanal chamado de goiabada é muito apreciado há séculos no Brasil.

Para a colheita dos frutos eles devem acontecer diretamente da árvore quando começarem a queda e é possível os recolher no chão. Além disto em seguida devem ser abertos para a remoção das sementes e é necessário se deixar secar a sombra. Para cultivar é importante separar pelo menos um quilo de sementes.

03. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Árvores Frutíferas | Tags: , , , |