Flores Ornamentais: Margaridas do Campo

Publicidade:

Flores embelezam quaisquer ambientes. Lindas, delicadas, podem estar presentes em jardins, dentro das casas, como ornamentos ou servirem como lindos presentes para todas as épocas e ocasiões. É quase impossível imaginar determinadas festas, como casamentos e tantos outros festejos, sem que haja uma decoração feita com elas. E em especial, com algumas espécies de flores.

No Brasil, uma das espécies mais apreciadas vem da família das asteraceas – trata-se da margarida do campo, ou mais conhecida como margarida menor ou margaridinha. Da espécie bellis anua, é uma planta herbácea, com caules visíveis, ascendentes e bem eretos.

Com pelos mais rígidos do que as demais de sua família, as margaridas são populares por conta de sua graciosidade e facilidade de ser encontrada. Por possuírem florescências minúsculas e amareladas em seu centro com pétalas muito brancas, diferenciam-se de outras flores e acabam fazendo um grande contraste em especial se estiverem plantadas em locais onde haja muito verde. São mais de 20 mil espécies no mundo inteiro, sendo que isto corresponde a praticamente 10% do total de flores das flores existentes. Dependendo da variedade podem alcançar até 1,2 metros de altura e, se cultivadas em estufa, num ciclo de 13 semanas já existirão inúmeras margaridas para serem colhidas.

Publicidade:

As margaridas do campo também são muito lembradas por abrirem-se e fecharem-se quando há a presença do sol, fazendo com que elas sejam chamadas de “pequenos olhos do dia”, uma referência direta ao seu nome em inglês.

As flores das margaridas sempre têm inflorescência no final do inverno. São ótimas para a comercialização, uma vez que seu uso é bem variado. Com margaridas é possível montar buquês para noivas, fazer ramalhetes, pequenos vasos decorativos, além de ficarem ótimas na decoração de salões de festas matinais e diurnas.

As margaridas do campo também não requerem grandes cuidados. Para serem cultivadas em larga escala precisam de solo com boa drenagem, de preferência que seja adubado com muito material orgânico. Isto garante uma produção anual da planta. As margaridas do campo se adaptam a qualquer clima, até mesmo aos mais secos. Entretanto, quando ainda são matizes devem ficar sob iluminação especial. Neste caso, é necessário que haja um acompanhamento de profissional especializado para que imprevistos não aconteçam.

15. outubro 2013 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores | Tags: , , , |