Deixe o Seu Apartamento Lindíssimo Com Plantas Ornamentais e Flores

Publicidade:

Interiores com plantas ganham mais vitalidade e um ar puro, além de beleza. Paisagistas ainda garantem que aliviam o estresse, trazem uma sensação de bem-estar e benefícios para a saúde.

Antes de escolher a espécie para decorar o apartamento, é preciso ter conhecimentos básicos sobre o cultivo das plantas e flores ornamentais. Em geral, basta que o local tenha muito sol e água regular para evitar que a folhagem fique murcha ou sem brilho.

As plantas que produzem mais flores precisam gastar mais energia para florir (e se reproduzir). Por isso, a maioria das espécies com flores abundantes precisam de algumas horas de exposição ao sol. Portanto, a orientação é de que sejam colocadas nas soleiras das janelas ou nas varandas.

Dessa forma, previnem-se pragas e doenças também.

Na seleção das plantas e flores, é interessante lembrar que muitas podem trazer visitantes agradáveis, como beija-flores, pássaros e borboletas. As rosas que já eram cultivadas há milênios no Oriente Médio e, depois, foram modificadas apresentando uma imensa variedade de formas hoje, são um exemplo.

Publicidade:

Outra flor excelente para ornamentar um pequeno jardim na varanda ou na área de serviço em apartamentos são as buganvílias, que recebe diversos nomes populares: primavera, três-marias, sempre-lustrosa, santa-rita, ceboleiro, roseiro, roseta, riso, pataguinha, pau-de-roseira e flor-de-papel. São simples, fáceis de cuidar e encontradas nas cores: branca, roxa, rosa claro, pink, vermelha, amarela, laranja ou até em duas colorações na mesma planta.

As tão famosas orquídeas são adaptáveis tanto em ambiente interno quanto externo. De fácil manutenção, devem ser regadas um dia sim um dia não, quando estiver quente ou ventando demais. No inverno, recomenda-se a rega duas vezes por semana.

Quem mora em casa pode deixar os vasos de orquídeas no quintal, sempre sobre uma tábua apoiada em tijolos (no chão, eles atraem lesmas). Em apartamento, a sugestão é aproveitar o parapeito de uma janela. Deve-se evitar os pratinhos com água. E como poucas espécies são terrestres, o ideal é plantar em substrato, uma mistura de carvão, casca de coco e tronco de árvore, vendida nas floriculturas. Outra orientação valiosa para a sobrevivência da orquídea é borrifá-la uma vez por mês com adubo NPK 20-20-20, para que dê flores maiores e mais bonitas e impeça o ataque de pragas.

18. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores, Plantas | Tags: , , , , , |