Cuidados Com as Plantas Durante o Período de Férias

Publicidade:

Para quem vai sair de férias e tem várias plantas ou pequenos jardins em casa, e não sabe o que fazer no período em que estiver longe, há algumas dicas que podem clarear a vida de quem não pode ou não quer pagar pelos serviços de um jardineiro que vá fazer os cuidados com as plantas. A primeira dica, antes de qualquer coisa é na hora de escolher as plantas que serão cultivadas em casa. É importante saber qual é o estilo de vida que cada um leva para não errar na escolha das plantas que vão compor o jardim, opte sempre pelas que resistem mais aos longos períodos de secura, ou seja, sem a necessidade de rega diária.

 

Os jardineiros e paisagistas ainda apontam o que fazer em cada uma das situações e ainda dão dicas para aqueles que não vão poder contar com a ajuda de ninguém.

 

A primeira dica é na hora de escolher as plantas que serão cultivadas em casa. O melhor é sempre optar por aquelas que resistem mais aos longos períodos de secura, ou seja, sem a necessidade de rega diária.

 

Publicidade:

Plantas rústicas, com pouca exigência de solo e água, e com baixíssima incidência de pragas e doenças. Se a planta ficar muito tempo sem cuidados, ela até aguenta ficar sem água, mas não dá para combater algumas pragas que, possivelmente, podem atacar determinadas espécies de plantas. Nesse contexto, escolher plantas como as agaváceas, cactáceas e aizoáceas são as mais indicadas. Não costumam ter a necessidade de rega, muito menos de cuidados mais específicos. Outra alternativa, é apostar e investir em sistemas de irrigação, que não dependam de uma pessoa para fazê-lo funcionar. E estes sistemas de irrigação podem ser mais simples e baratos do que se possa imaginar.

 

Já para quem possui muitas plantas nas áreas externas, plantas em vasos ou jardineiras, podem ser plantadas com sistema de irrigação automático, muito comum hoje no mercado e encontrado em diversas lojas que comercializam material para jardinagem e paisagismo.

 

Vale ainda lembrar que, mesmo as plantas que são tidas como as ideais para os períodos de secura, não sobrevivem sem água por longos períodos. Tudo vai depender do ambiente – da umidade relativa do ar – das condições do solo, e da capacidade de retenção maior ou menor de água que cada planta possui. Então, a melhor saída é fazer escolhas por plantas que possam ser irrigadas com sistemas que não dependam da ação direta humana.

10. fevereiro 2015 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Plantas | Tags: , , |