Conheça a Vinca e o Cultivo dessa Planta

Publicidade:

Na natureza esta é uma planta considerada em extinção devido aos processos de destruição do seu habitat pela queima das matas, sendo assim é uma planta de pequeno porte, endêmica e natural de Madagascar.

O cultivo da Vinca

Um ponto interessante de se citar é que a vinca é cultivada em várias regiões consideradas de clima tropical e subtropical, o que acontece em um processo de naturalização existente a estes novos lugares. Esta é uma pequena planta ainda muito estudada pela medicina, principalmente ao fato de que a planta conta com os chamados alcaloides bisindólicos que se acumulam nas folhas das plantas e que ainda poderão ser utilizados para tratar muitos tipos de diabetes e de câncer, sendo assim é considerada também como uma planta tóxica e por isso não pode ser ingerida.

Tendo um tipo de floração anual, as espécies são consideradas como perenes, e as suas flores são zigomorfas, contam com pelo menos cinco pétalas de cores variadas, suas folhas vem totalmente opostas, brilhantes e ainda ovalóides, medem em torno de 2,5 a 9 cm de comprimento por  1 a 3,5 cm de largura. Além disto seus frutos são pares existentes de folículos de 2 a 4 cm de comprimento e 3 mm de largura. Esta é uma planta característica que gosta de muito calor e ainda luz solar direta, sendo ela bastante resistente as secas, por principalmente um período menor que um ano.

Características da planta

Publicidade:

Podemos dizer que as cinco pétalas de flores são feitas em coloração rosa, mas elas podem ser encontradas em cores como por exemplo o branco, o roxo, e o vermelho. São flores de florescência maior no verão, como a grande parte dos integrantes da família das Apocynaceae, esta planta ainda poderá expelir um tipo de látex existente. Mas existem ainda várias classificações para diferenciar a planta.

Dentre estas classificações podemos citar a cooler, as carpetes, a preety, a névoa da manhã, a guarda sol, entre várias outras.

Por ser uma planta de várias utilidades principalmente na medicina, suas folhas são ricas em alcaloides o que é algo eficaz nos tratamentos de cânceres.

20. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores, Jardim, Plantas | Tags: , , , |