Conheça a Abricó de Macaco

Publicidade:

A árvore conhecida como abricó de macaco é nativa das regiões amazônicas e ainda é considerada bastante ornamental. Este tipo de planta pertence a um gênero chamado de Couroupita e vem de um nome bastante popular chamado de “Kouroupitoumon”, como é conhecida na Guiana Francesa. E foi neste local que ela foi encontrada e ainda estudada pela primeira vez de acordo com a literatura botânica.

A planta faz parte da mesma família das árvores de castanha do Brasil, e ela pode alcançar até mesmo mais de trinta metros de altura, e aproximadamente sessenta de diâmetro quando em sua plenitude.

Saiba mais algumas características desta árvore

Esta é uma árvore considerada muito grande, e nem por isso ela acaba deixando de ser utilizada em paisagismo, as suas flores são incríveis e magníficas e acabam se agarrando de forma direta ao seu tronco, com uma florescência que acontece em praticamente o ano inteiro. Os seus frutos são enormes, e de coloração marrom, e podem ainda chegar a mais de três quilos cada um. Sua madeira é bastante leve e procurada para a fabricação de caixotes e também de brinquedos.

Publicidade:

Quem presencia de perto esta árvore não tem como não se espantar com o seu exotismo, esta árvore poderá ser visualizada em campus de determinadas universidades que acabam adotando o seu paisagismo. Vale citar que o aroma de suas flores é bastante agradável e lembra rosas. Os seus frutos também quando caem e apodrecem acabam liberando um odor que é bastante desagradável.

A ocorrência disto surge porque os frutos possuem um tipo de substância que acaba entre todos os seus constituintes químicos e é bem conhecida como índigo, o que é o corante utilizado para a tintura das calças jeans. E devido a este corante é que a polpa do fruto acaba adquirindo uma coloração mais azulada quando se quebra.

No ano de 2002 os Correios fizeram uma bonita homenagem para esta planta emitindo um selo que percorreu por toda a cidade de Manaus onde a estampa tinha uma bonita flor desta árvore, como uma forma de realizar a divulgação e a preservação desta planta incrível.

04. janeiro 2015 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Árvores, Árvores Frutíferas | Tags: , , , |