Como Pode Ser Feita a Contratação dos Serviços de um Paisagista?

Publicidade:

Aos poucos, uma área que até uma década atrás era considerada um serviço para poucos, em especial para algumas pessoas, vem ganhando mais corpo e mais procura. Trata-se do paisagismo, que pode ser considerada hoje como uma área dentro dos processos de arquitetura e urbanização. Os futuros arquitetos costumam ter aulas de paisagismo quando ainda estão na graduação. Depois, é possível ainda fazer um curso de especialização ou pós-graduação apenas em paisagismo para aprofundar os conhecimentos. Um paisagista precisa ter conhecimentos em botânica, em ecologia, em variações climáticas regionais e em estilos arquitetônicos, bem como um bom senso de equilíbrio visual – já que irá trabalhar com cores e formas diretamente.

 

O paisagismo é prática que possui diversas finalidades. Uma delas é a recuperação de áreas degradadas ou que sofreram intervenção humana e, por estas razões, não há um único sinal de verde. Uma cidade, por exemplo, que está nestas condições, pode fazer a contratação dos serviços deum paisagista para que ele elabore projetos a serem aplicados na região degrada, com o fim de recuperá-la. Para tanto, o mais comum é fazer a contratação por meio de concurso público, para que o profissional possa atuar diretamente junto aos órgãos públicos responsáveis. Há ainda a opção de que se faça uma licitação por meio de edital e uma empresa de paisagismo seja contratada pata realização de projetos.

 

Publicidade:

Os paisagistas também atuam como profissionais liberais, ou em regime de CLT, em construtoras e escritórios de arquitetura. Nesses dois casos, os projetos dos paisagistas costumam estar diretamente atrelados ao projeto de construção da casa e /ou de um empreendimento imobiliário.

 

Já para quem tem a sua casa pronta e quer executar um projeto de paisagismo em seu jardim, pode seguir por dois caminhos – o primeiro é contatar os serviços de um escritório de arquitetura e paisagismo e fazer a contratação de serviços especializados. Esta opção costuma ter um custo bem mais elevado, já que o escritório irá cobrar taxas extras pela execução dos serviços, que incluem visita, elaboração do projeto e execução do mesmo por uma equipe de jardinagem. Já outra opção, que costuma ser mais em conta, é fazer a contratação dos serviços de um paisagista que atue como profissional autônomo – os custos deste profissional são mais baixos, já que não há encargos com funcionários, imóvel, etc. a execução dos serviços de jardinagem costuma se dar por meio de empreita – eles contratam jardineiros que executam o projeto sem qualquer tipo de vínculo.

10. fevereiro 2015 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Jardim, Paisagismo | Tags: , , , , |