Como Fazer Vasos, Adubação e Poda de Cactos

Publicidade:

O cultivo de cactos é relativamente fácil de realizar. Os cactos são plantas muito resistentes e exuberantes que podem promover efeitos maravilhosos em qualquer jardim ou ambiente em que estejam presentes. Os cactáceos são originários de locais com pouca incidência de chuva, normalmente desérticos, ou de áreas que sofrem grandes períodos de estiagem, com solos arenosos e/ou rochosos. São resistem aos ambientes estressantes, não sofrem com falta de água e altas temperaturas, bem como exigem pouca manutenção; isto inclui a rega e fertilização. Também são muito usados como plantas ornamentais nas grandes cidades, justamente por conta de suas características.

 

Os cactos são plantas de sol pleno, mas altamente adaptáveis, podem viver dentro de casa sem problemas, desde que recebam luz. Como precisam de solo bem seco, é de vital importância manter o substrato bem drenado. Para isso, use areia e cascalhos misturados à terra. Para tê-los em casa, contudo, alguns cuidados básicos precisam ser realizados e observados com o tempo.

 

Para quem cultiva cactos em vasos, é importante fazer a verificação do solo e ter atenção quanto ao substrato. Por exemplo, a adubação do solo pode ser realizada com fertilizantes de longa durabilidade, conhecidos por terem um tipo de liberação lenta de seus componentes. Em geral, são os nitrogenados e encapsulados. Entretanto, os especialistas em jardinagem e paisagismo também recomendam o uso de adubos orgânicos com regularidade mensal e em pequenas doses. O ideal é fazer o uso de duas partes de terra adubada de boa qualidade com duas partes de areia lavada para ajudar no escoamento da água.

 

Publicidade:

Há cactos de todos os tamanhos – desde os mini até os de grande porte – todos podem ser plantados em vasos. Isto porque o tamanho de suas raízes acompanha o seu crescimento. O ideal, portanto, é que o vaso seja trocado de acordo com o crescimento do cacto. O mesmo procedimento deverá ser realizado e relação ao seu substrato.

 

A altura mínima para cada vaso é de sete centímetros para mini-cactos, com distância entre a planta e a borda do recipiente entre dois e três centímetros.  Para fazer o transplante da planta para outro vaso, o procedimento deve ser feito da seguinte maneira: envolva a planta em papelão ou várias camadas de jornal para facilitar o manejo. O novo vaso deve ser um terço maior que o anterior.

 

Os cactos também podem ser podados, de acordo com o tamanho dele em vida adulta. A reprodução pode se dar por sementes, propagação de brotos ou estaquia, bem como podem sofrer com as pragas. Nesse caso, use óleo de Neen no combate aos insetos.

10. fevereiro 2015 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Suculentas | Tags: , , , |