Como Cultivar e os Cuidados com as Gérberas

Publicidade:

As gérberas são plantas oriundas da família das Asteraceae e possuem grande valor comercial.  É a quinta mais vendida depois da flores denominadas rosa, tulipa, cravo e crisântemo, e  se forem cultivadas em ambientes adequados,  podem florir o ano inteiro. Sem contar que por suas variações de cores – branco,  variações do amarelo, variações do laranja e do vermelho – podem ser usadas de diversas maneiras diferentes, basta que se tenha um pouco de criatividade.

Originária da Ásia as gérberas possuem mais de 30 espécies, sem contar os vários híbridos produzidos pelas mãos humanas.  Considerada uma ótima opção para uso decorativo, dadas às variedades da planta, as gérberas são compostas por folhas em suas bases e possui caule que atinge entre 30 a 50 centímetros, o que facilita muito no momento de cortá-las, e isto facilita que a flor seja usada em vasos ou quaisquer outros ornamentos decorativos em diversos ambientes.

Como quase todas as flores, as gérberas possuem nos seus caules algumas bactérias que se alimentam de certos poluentes como carbono, benzeno e até fumaça de cigarro. Por essa razão elas são ideais para serem tidas nas casas, em particular onde houver um fumante, é, portanto, uma escolha certeira ter ou cultivar as gérberas tanto em casas, apartamentos, ou mesmo em pequenos quintais ou áreas verdes.

Publicidade:

Apesar de serem fortes as gérberas, assim como todas as outras, necessitam de alguns cuidados especiais de jardinagem. Para cuidar bem das gérberas, um dos pontos principais é o correto preparo do solo, que, de preferência, deve conter um pouco de areia – o chamado solo arenoso. Para que as gérberas cresçam bonitas e saudáveis, é necessário caprichar na adubação do mesmo, que deve ser orgânica ou NPK 4-10-8 (conhecido entre os jardineiros como 10-10). O substrato da planta deve ser úmido, porém não encharcado.

Quanto à  rega, há também que se ter atenção. Ela  deverá ocorrer de uma a duas vezes por semana, somente em períodos secos. Gérberas não são muito de água, embora os solos devam conter certa umidade. O ideal é que as regas aconteçam sempre nos mesmos dias da semana, para que elas se adaptem bem e cresçam lindas s saudáveis.

24. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores, Jardim, Plantas | Tags: , , , , , |