Como Cultivar Maravilhosos e Lindos Lírios em Sua Casa

Publicidade:

Os lírios são plantas que pertencem ao gênero lirium, da família liliácea, originárias do hemisfério norte do planeta. Sua maior ocorrência se dava inicialmente na Ásia, na Europa, e na América do Norte. Entretanto, hoje é possível encontrar lírio em todos os locais do planeta, graças aos cultivos em estufas.

Há diversas espécies de lírios, bem como uma infinidade de híbridos, feitos a partir de diversos outros cruzamentos.  Os lírios são plantas cheias de significação: representam o verão, a fartura, o amor eterno, e também mantêm uma relação direta com a pureza, em especial na cultura chinesa.

Para quem deseja cultivar esta espécie de planta, alguns cuidados básicos são requeridos, já que se trata de uma planta bastante sensível. O primeiro passo a ser tomado é identificar o tipo de espécie que será cultivado. Há três tipos que são os mais comuns: lírios orientais, os quais possuem flores grandes e de perfume bem característico, os lírios longuiflorum, que em geral se apresentam nas cores branca e creme, com flores grandes; e os lírios asiáticos, que são quase sem perfume, com flores pequenas, mas com uma grande quantidade de cores fortes.

Feito isto, é importante definir um local adequado para se cultivar o lírio. Assim, ele crescerá bonito e bem saudável. O solo deverá ser leve, fértil, por isso o ideal é comprar terra já adubada, própria para a plantação deste tipo de flor. A terra poderá ser encontrada em casas especializadas em produtos para jardinagem.

Publicidade:

Quem deseja cultivar lírio tem várias opções, mas o mais comum é que o plantio seja feito em vasos, pois assim eles podem ser alocados inclusive para os interiores de residências, apartamentos, desde que o ambiente lhe seja propício. O lírio precisa de uma iluminação bem razoável, se não a planta não se desenvolve.  As flores cultivadas em vasos precisam de banhos de sol diários, de preferência no período da manhã e da tarde. Mas atenção aos lírios que ainda são mudas. Estes não devem tomar muito sol, pois podem queimar com grande facilidade.

Os banhos de sol auxiliam no processo de fotossíntese, o que garante à planta uma absorção correta de minerais e água para a sua alimentação.

20. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores, Jardim, Plantas | Tags: , , , , , |