Como Cultivar Lindas Margaridas em Casa

Publicidade:

Apesar desta planta contar com um passado desconhecido já que não se tem como afirmar com toda a exatidão os locais de surgimento desta flor, elas se disseminaram de várias formas pelo mundo inteiro, e poderão ser totalmente encontradas com uma facilidade nas decorações,  arranjos e jardins se tornando assim bastante populares.

Existem vários relatos da presença da planta na Idade Média em uma brincadeira que persiste até os dias de hoje, por exemplo, desfolhar a margarida pelas pétalas a pétala para descobrir se uma pessoa ainda ama você ou não. Esta resposta irá se dar na última pétala da flor que por isso ganhou um apelido de malmequer ou bem me quer.

Características presentes nas margaridas

Levando em conta as suas cores vivas, estas flores são bastante resistentes, contrariando a sua frágil aparência. Com isto as margaridas apresentam pelo menos mais de 20 mil espécies que variam em seus tamanhos e também nos seus tons, a mais conhecida é a de cor branca com seu miolo amarelo.

Publicidade:

Por serem plantas que florescem no ano inteiro, as margaridas são bastante utilizadas nos buquês de flores e ainda em vasos já que conseguem se manter bonitas e especiais por muito tempo. Apesar disto, mesmo sendo uma planta conhecida por seu fácil cultivo, e dispensando seus cuidados especiais para o crescimento, algumas das importantes medidas são fundamentais para garantir assim melhores resultados em seu plantio.

Uma situação importante é que sempre que uma flor começar a murchar ela deverá ser arrancada do vaso pois só desta forma poderá dar lugar para o nascimento de uma nova flor. Além disto poderá ser fundamental para manter todo o crescimento e ainda o florescimento das plantas.

As margaridas além disto tudo gostam muito de sol e por isso deverão ficar posicionadas em locais com uma iluminação o dia inteiro ou ainda pelo menos em boa parte do dia. Por serem plantas de locais quentes, não é preciso se colocar muita água na hora de regar, basta apenas se deixar a terra úmida, e no caso de grandes plantações é fundamental se separar quando algumas aglomerações surgirem.

20. fevereiro 2014 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores, Jardim, Plantas | Tags: , , , |