Como Plantar e Cuidar de Begônias

Publicidade:

As Begônias são gêneros de plantas que tem mais de mil espécies de plantas e até mesmo dez mil variedades existentes híbridas. Algumas delas acabam sendo cultivadas por uma folhagem colorida, e outras para as suas flores. Todas as espécies poderão ser cultivadas com sucesso como uma planta da casa mas algumas também tem a capacidade de viverem fora. Felizmente para todos os produtores de begônias apesar de toda a sua diversidade de gênero os cuidados necessários deverão ser semelhantes.

A luz do sol

Procure além disto conceder para todas as begônias a luz do sol de uma janela estando em leste ou em sul. No caso das begônias a luz do sol de uma janela ao leste ou do sul não deverá ser direta, mas sim deverá ser filtrada por uma cortina transparente, ou ainda é possível se deixar á sombra de uma árvore do lado de fora da janela. As Begônias floridas apesar disto precisam de muitas horas de luz solar direta a cada dia. Esta que poderá representar uma grande diferenciação entre os dois gêneros com relação a energia do sol. É interessante se fornecer uma boa temperatura estável para as begônias, estas plantas são sensíveis a mudanças de temperaturas bruscas por isso devem ficar longe de correntes de ar. Procure também tomar cuidado para não sobrar água, todo o seu excesso poderá apodrecer a espécie.

Utilize também pequenos vasos

Publicidade:

Procure manter as begônias em vasos pequenos, elas contam com sistemas radiculares pequenos e não precisam de reposições frequentes. Apesar disto a cada primavera é necessário que se verifique se as suas raízes estão totalmente envolvidas em torno do fundo do vaso. Se isto acontecer procure utilizar a planta de begônia em potes maiores.

Asestações do ano

Procure mover ainda as begônias floridas para fora durante os meses de verão, outono e ainda primavera, desta forma você poderá criar condições que sejam adequadas para elas. As begônias floridas acabam desfrutando de uma varanda com sombra, desde que a temperatura não diminua bruscamente. Desta forma elas acabam crescendo de forma saudável e precisam de regras frequentes.

23. setembro 2013 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Flores | Tags: , , , |