Árvore de Pupunha: Como Plantar

Publicidade:

Conhecida pelos nomes comuns de pupunha, pupunheira e pupunha-verde-amarela1 , é uma planta da família arecaceae, a pupunha é uma planta originária das florestas tropicais, em particular do continente americano. Mas que também é altamente conhecida nas regiões da América Central e do Sul.

A pupunha é muito utilizada na alimentação, uma vez que produz o palmito, tão largamente consumido em diversas localidades do mundo. Mas, para quem não sane, trata-se também de uma árvore de reflorestamento, ou seja, o plantio dela para fins de consumo é hoje sustentável. Ela não pode ser nativa para extração e consumo de quaisquer uns de seus subprodutos. Não apresenta, portanto, riscos de extinção em seu corte. O mercado interno brasileiro é um dos maiores consumidores de palmito proveniente de pupunha, perdendo hoje apenas para o mercado da Costa Rica.

A pupunha pode ser cortada ainda muito jovem- por entre 18 a 24 meses após o seu plantio, daí ser tão rentável para os cultivadores desse tipo de planta. Além disso, a qualidade do palmito que ela gera, é de longe uma das melhores que se tem oferecido no mercado para o consumidor. Isto representa uma grande segurança para quem cultiva a pupunha. Sem contar que ela não demanda tantos cuidados quanto outras demais de sua espécie.

Publicidade:

A pupunha também pode ser plantada em diversos tipos de solos, e sob muita luz – locais quentes costumam ser os preferidos pelos produtores, pois permite que a pupunha se desenvolva com mais rapidez.  Ela é a substituta natural do açaí, também produtor de palmito.

Os frutos também provenientes da pupunha são todos comestíveis, a partir deles podem ser feitas compotas e geléias tanto doces quanto salgadas. Há ainda muitas aves silvestres que se alimentam de tais frutos, como os papagaios, araras e periquitos.

Esta planta, além de servir como produtora de palmito, também é totalmente aproveitada: a madeira, folhas, e galhos são aproveitados na confecção de móveis e objetos de designer. A partir dos restos da pupunha é realizado um processo de compensação, sendo ela totalmente reaproveitada.

27. setembro 2013 por Steve Antonio Gomes
Categoria: Plantas | Tags: |